Terça, 26 de Outubro de 2021 02:22
71 981161066
Saúde Saúde

Delta já domina testes de variantes feitos pelo Governo de Minas

Secretário diz que número de infecções pelo genoma deve crescer nas próximas semanas; Estado tem 101 casos e 2 mortes pela Delta

26/08/2021 18h30
15
Por: Redação Fonte: R7 - Célio Ribeiro*, do R7

O secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, afirmou, nesta quinta-feira (26), que a variante Delta já é predominante nos resultados dos testes genômicos do novo coronavírus realizados no Estado.

Durante coletiva de imprensa na Cidade Administrativa, Baccheretti esclareceu que Minas realiza 200 exames semanais para analisar a presença de variantes nos municípios. Segundo ele, a maioria dos testes recentes têm como resultado a Delta e a tendência é que a disseminação dessa variante cresça nas próximas semanas.

— Atualmente, temos 101 casos identificados e 2 óbitos. Parte das amostras é coletada em pacientes reinfectados, onde o risco da presença de novas cepas é maior. Por isso, os resultados podem apresentar um aumento que, talvez, não é tão grande assim na realidade.

Vacinação

O secretário de Saúde anunciou que o calendário de imunização do Estado passa a incluir, oficialmente, os adolescentes de 12 a 17 anos. O grupo será vacinado com doses da Pfizer, único imunizante com autorização no país para aplicação em menores de idade. Segundo Baccheretti, a recomendação do Ministério da Saúde é que os adolescentes com comorbidades sejam atendidos logo após os maiores de 18 anos receberem, pelo menos, a primeira dose. Na sequência, serão imunizados os adolescentes em comorbidades.

Apesar disso, alguns municípios devem começar a aplicar a terceira dose nos idosos logo após vacinarem todos os adultos. Baccheretti explicou que foram formadas ‘plataformas’ de imunizantes e que esse esquema vai balizar a aplicação do reforço nos mais velhos.

— As plataformas são Coronavac, Astrazeneca/Janssen e Pfizer. Quem foi imunizado com uma vacina vai receber a terceira dose de uma outra fabricante. Essa etapa está prevista para começar em setembro, mas, aqueles municípios que já aplicaram a vacina em todos os idosos e tiverem doses sobrando, podem dar início à campanha de reforço.

A expectativa da Secretaria de Saúde é que Minas Gerais receba, em setembro, mais 7 milhões de doses da Pfizer. O número seria suficiente para iniciar a aplicação da primeira dose dos adolescentes e a campanha de reforço nos idosos.

Minas Consciente

As macrorregiões Nordeste e Triângulo do Norte avançaram para a ‘onda amarela’ do Minas Consciente, plano estadual que regulamenta o funcionamento do comércio durante a pandemia. Com isso, apenas o Triângulo do Sul, que saiu da ‘onda vermelha’ na semana passada, segue no nível intermediário de restrições. Baccheretti informou que o Estado registrou queda no número de internações e mortes, mas ressaltou a importância das medidas de distanciamento.

— O combate, até mesmo contra a Delta, continuam os mesmos: máscara, distanciamento e vacinação.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Flávia Martins y Miguel.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (27/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quinta (28/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias