Terça, 26 de Outubro de 2021 03:10
71 981161066
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Comissão aprova garantia de isonomia aos veículos de imprensa em entrevistas coletivas de autoridades

Texto aprovado prevê que, durante a visitação, as ILPs devem adotar medidas como evitar a aglomeração de pessoas

27/08/2021 19h25
30
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Erundina:
Erundina: "Trata-se de garantir a liberdade de expressão - (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados aprovou proposta que garante aos veículos de imprensa isonomia na participação em entrevistas coletivas concedidas à imprensa por autoridades e servidores da administração pública direta e indireta de qualquer um dos Poderes da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios.

O texto aprovado foi o substitutivo da relatora, deputada Luiza Erundina (Psol-SP), ao Projeto de Lei 542/19, da deputada Maria do Rosário (PT-RS).

Conforme a proposta, as autoridades deverão obedecer aos princípios da impessoalidade, da imparcialidade e da não discriminação ao oferecer informação pública, inclusive quando for necessária a realização de cadastro ou de outro tipo de credenciamento para o acesso a recinto em que autoridade ou servidor fornecerá essas informações. Caso a autorização seja negada, as razões deverão ser documentadas e fundamentadas, devendo ser comunicadas ao requerente.

"Trata-se de garantir a liberdade de expressão e de manifestação do pensamento pela formulação e imposição de princípios que, em condições de efetiva vida democrática, estariam inscritos no coração de todos. Infelizmente, vivemos tempos em que temos que transferi-los à letra da lei para que sejam lembrados", avaliou a relatora.

Penalidades
O texto considera como infração administrativa a recusa em credenciar profissional e a proibição de acesso ao local da entrevista, sujeitando o infrator às penas previstas na Lei 8.112/90, que trata do regime jurídico dos servidores públicos federais. As penas vão de advertência à destituição do cargo ou função comissionada.

O projeto original estabelecia as sanções previstas na Lei de Acesso à Informação-LAI, que incluem advertência, multa e rescisão do vínculo com o poder público.

Tramitação
Já aprovada pela Comissão de Cultura, a proposta será analisada em caráter conclusivo pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (27/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quinta (28/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias